QUEM GANHA COM O CHOCOLATE QUE VOCÊ COME? | Chocolata

QUEM GANHA COM O CHOCOLATE QUE VOCÊ COME?

Uma conversa sobre sustentabilidade

Comer uma barra de chocolate pode ser a sua grande contribuição para esse tema super importante: a SUSTENTABILIDADE.

Você já observou, que muitos produtores de chocolates bean to bar, aqui disponíveis na nossa loja Chocolata, falam sobre esse tema nas suas embalagens? Isso porque ser sustentável é uma das principais bandeiras do movimento bean to bar.

Empresas de produção de bens de consumo (alimentos, roupas, carros, etc…) mundialmente estão sendo cobradas e questionadas por suas ações em prol da sustentabilidade, e esse tema se baseia em três principais eixos: ambiental, social, financeiro.

Ou seja, negócios bons para a sociedade não podem mais ser um negócio apenas rentável, precisam, além disso, ser responsáveis com o meio ambiente e com o desenvolvimento social da comunidade envolvida em sua cadeia de produção.

E onde nosso delicioso chocolate participa dessa história?

Aqui no Brasil temos a produção de cacau e chocolate. Ou seja, os chocolateiros e consumidores brasileiros tem como privilégio a possibilidade de saber por onde tudo começa e como tem sido feito. E falar de produção de cacau é falar de preservação das nossas florestas.

Em nosso território temos dois biomas de produção de cacau de extrema importância mundial, a mata atlântica e a Amazônia. Florestas essas que além de abrigarem uma grande diversidade de árvores, plantas e animais, são os principais locais de cultivo “desse alimento dos deuses”, o theobroma cacao – nome científico dado ao protagonista da produção de chocolates – O Cacau.

O Cacau convive em harmonia com a floresta e a sombra das árvores, tem um papel importante no desenvolvimento do cacaueiro e seus frutos. Produzir cacau, seja na floresta amazônica ou na mata atlântica, ajuda a preservar e a valorizar esses territórios, pois uma vez que a floresta viva tem mais valor que desmatada, uma corrente positiva é retroalimentada.

Mas atenção! Nem todo cacau vem dessa produção, existem diversas áreas desmatadas, de produção em massa, onde a qualidade e sustentabilidade estão longe de ser um critério importante na produção. Agricultores que apenas visam a produtividade e a exploração dos recursos naturais, sem se quer pensar no amanhã. Além de não terem esses valores como premissa, quase sempre não oferecem uma matéria prima de qualidade para a fabricação de bons chocolates, e estão fora dos critérios de seleção das principais marcas de chocolate bean to bar.

As pessoas que por ali vivem também são pilares importantes desse tripé de sustentabilidade. Os cacaueiros frequentemente estão longe dos grandes centros, mata adentro nessas florestas e a produção e cultivo do cacau são fontes de trabalho e renda e muito importantes para o desenvolvimento econômico e social da região. Porém, sendo esses lugares de difícil acesso e carentes em diversos aspectos, infelizmente é muito comum que ocorra uma exploração da mão de obra, com condições precárias de trabalho, remuneração muito abaixo da adequada.

Por isso, uma das principais premissas de um chocolate bean to bar é remunerar seus fornecedores de amêndoas de cacau de maneira justa e adequada, para que, seja assim possível criar um ecossistema sustentável, onde os conhecimentos são passados de pai para filho e o sentimento de orgulho e pertencimento é diariamente retroalimentado.

E como saber se seu chocolate está fazendo parte desse movimento sustentável?

Isso é fácil, as marcas que estão envolvidas nessas causas com todo orgulho as comunicam, seja por meio de suas embalagens, Instagram ou sites.

O movimento é mundial, pois a causa é urgente. Os consumidores dia a dia estão mais interessados em saber como seus alimentos são produzidos e quais os cuidados que as empresas estão tendo com as pessoas e o nosso planeta. E como o chocolate não é diferente.

Você faz parte desse movimento? De onde vem o seu chocolate?

Texto escrito por Luciana Monterio, da @ara.cacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat