fbpx

OS MITOS NA HORA DA COMPRA DO CHOCOLATE 2

Essa é a continuação do texto publicado no Mundo Chocolata dia 21 de janeiro. Lá, como vimos, desmistificamos alguns MITOS na hora da compra do chocolate, que forma: i – Ignorar a lista de ingrediente; ii – da preferência a marca da moda ao invés do seu paladar, e; iii – não comprar chocolates online.

Hoje vamos abordar outros 3 mitos que os verdadeiros apreciadores de chocolate devem abandonar na hora de fazerem suas escolhas.

O PAÍS DE ORIGEM DO CACAU É A COISA MAIS IMPORTANTE NA HORA DA ESCOLHA

É inegável que o existem países nos quais o cacau tem uma qualidade superior aos outros. Entre eles, é fácil destacar Venezuela, Vietnã, Madagascar, Equador e, porque não, também o Brasil, apenas para darmos alguns exemplos.

Mas ao contrário do que se imagina, não é porque a origem do cacau é um destes famosos países produtores que ele é bom. Seria o mesmo que admitir que todos os brasileiros sabem sambar. Eu sei perfeitamente que isso não é verdade, meus pés não me deixam mentir.

É produção do chocolate envolve muitos fatores, sendo que sua origem é apenas um deles. No final, além desses todos fatores a serem considerados, há a prova do seu paladar, que deve ser quem toma a decisão final na hora da compra do seu chocolate.

NÃO EXPERIMENTAR SABORES NOVOS

É neste ponto que nosso paladar nos trai. Por estarmos familiarizados com um sabor, nossa tendência natural é não “mexer em time que está ganhando”. Com isso, é provável que sempre optemos pelos mesmos sabores e marcas.

Há algum problema nisso? Nenhum, exceto o fato de que você estará se privando de ter novos experiências, tão boas como a que você tem com o seu chocolate preferido.

É comum ouvir: “não gosto de inclusões”, ou ainda, “não gosto de frutas com chocolates”. Essas duas “verdades” que as pessoas acabam repetindo acabam privando as pessoas de uma das experiências mais legais que pode se ter com chocolate.

A CHOCOLATA vende um chocolate 70% com cupuaçu*, premiado nacional e internacionalmente e uma das experiências mais excitantes e novas que o amante do chocolate pode experimentar. Pessoas com as “verdades” firmadas, deixariam de ter essa experiência única e inovador.

PREFERIR PREÇO BARATO À QUALIDADE

Todo mundo gosta de preço baixo. Afinal, gastar pouco é uma meta para todos, não? Mas a verdade é que não dá para comprar chocolates com bons ingredientes pagando o preço de um chocolate que usa em sua composição, basicamente, gordura hidrogenada. Não falarei os nomes por uma questão de ética, mas todos lembram de comer esses chocolates e o céu da boca ficar lustrado de tanta gordura que tinha o chocolate.

Especialmente em razão da legislação brasileira que estabelece uma quantidade mínima de 25% de cacau para ser considerado chocolate, a maioria dos produtos não usam mais do que o mínimo exigido por lei, fazendo, portanto, um produto de qualidade inferior.

O binômio qualidade X preço são lados opostos da balança. Não há como privilegiar um sem influenciar o outro, e no meio de tudo isto, estamos nós para tomarmos nossas decisões.

(continua).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat