fbpx

Como saber se um chocolate está estragado

Como qualquer alimento, chocolate tem data de validade. Se você for comparar, as validades variam muito, desde dias até anos. Mas mesmo dentro da validade, muitas vezes você abre uma embalagem e fica na dúvida se ele não estragou, pois a aparência está esquisita. Então como saber se está estragado?

Validade

A validade muda de produto para produto porque está diretamente relacionada com a validade dos ingredientes. Em geral, tabletes puros tem validade de alguns meses e, no máximo, 2 anos. Já alguns bombons podem durar apenas 5 ou 6 dias, quando têm recheios frescos e delicados como os feitos com frutas ou creme de leite. Outros bombons têm validade bem maior, por exemplo de 3 ou 4 meses, por não conter ingredientes frescos e muitas vezes ter conservantes.

Sempre siga a validade, pois os fabricantes sabem o prazo útil de cada ingrediente individualmente e sabem em quanto tempo seus produtos perdem a qualidade original.

Aparência esbranquiçada

Chocolate fica esbranquiçado por 2 motivos: o sugar bloom, causado pelo contato do chocolate com umidade do ambiente (inclusive a do ar), e o fat bloom, causado por mudanças bruscas de temperatura. Isso pode acontecer em qualquer momento, tanto no transporte quanto no armazenamento.

Então, mesmo que o chocolate esteja dentro da validade, se tiver contato com umidade ou se esquentar e esfriar novamente, ele vai ficar com manchas, opaco e com aparência feia. Tanto sugar bloom quanto fat bloom modificam a estrutura do chocolate, mas não o estragam a ponto de você não poder consumi-lo.

No entanto vale a pena checar formato e cheiro, conforme abaixo, para saber se não tem mais nada de estranho. Se for só as manchas brancas e ele estiver dentro da validade, prove um pedacinho com atenção. Se o sabor estiver normal, pode consumir. Considere que tanto textura quanto derretimento provavelmente estarão alterados.

Cheiro estranho

Chocolate absorve facilmente os odores próximos. Se ele for armazenado sem proteção perto de especiarias, alimentos com aromas fortes (café, temperos, frutas…), material de limpeza ou qualquer outro cheiro, vai absorvê-lo. Então, mesmo dentro da validade, eles podem ter cheiro estranho.

O que a gente sente na boca vem do que a gente sente no nariz. Você já reparou que quando o nariz está entupido você não sente sabor de nada? É porque o aroma é parte superimportante do sabor. Então se o chocolate tem cheiro estranho, provavelmente vai ter sabor estranho também, seu prazer não será o mesmo. Na dúvida, não consuma, não vale a pena o risco.

Formato alterado

Todo mundo sabe que chocolate derrete. Quando isso acontece, depois que ele endurece novamente, geralmente ele perde a forma original e aparecem as manchas esbranquiçadas do fat bloom. Quando é só isso, o cheiro está normal e ele está dentro da validade, tudo bem, pode consumir.

No entanto, há uma alteração de formato que merece cuidado. Quando um chocolate recheado parece murcho ou o seu fundo não está liso e reto, pode ser sinal de problema. Isso acontece porque alguns recheios moles encolhem quando envelhecem, principalmente quando são feitos com derivados de leite. Nestes casos, não consuma, pois podem mesmo estar estragados.

Como evitar que estrague:

Para proteger as propriedades e a qualidade do seu chocolate:

  • Mantenha-o sempre bem embalado, fora do contato com o ar;
  • Mantenha-o sempre em local seco, fresco e longe de cheiros, sejam bons ou ruins;
  • Mantenha-o sempre longe de fontes de calor (sol, aquecedor, ambientes quentes…).
  • Consuma sempre antes de vencer a validade! Essa é a parte fácil, né?

Texto e fotos Zelia Frangioni, do Chocólatras Online, em 01/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat