fbpx

Bean to Bar

Em tradução livre para o português, “bean to bar” significa da amêndoa à barra. Mas antes de mais nada é, para que gosta de chocolate, sinônimo de ótimos chocolates.


O movimento “bean to bar” nasceu nos Estados Unidos com Chocolatemakers preocupados com a qualidade e procedência das amêndoas de cacau das quais eram produzidos seus chocolates. Com isso, foram atrás de produtores de cacau que apresentassem um cacau de excelente qualidade e, principalmente, que estivesse livre de qualquer envolvimento com trabalho infantil, infelizmente ainda comum neste tipo cultura, em diversos lugares do mundo.


O Chocolatemaker, portanto, participa de todas as etapas da fabricação do seu chocolate, desde a seleção das amêndoas (bean) até a confecção das barras (bar), garantido para seu produto a melhor qualidade possível.
E por isso é importante? Bem, primeiramente é bom informar àquele que está iniciando sua viagem pela cultura dos “bean to bar” que cacau não são todos iguais. Assim como outros tipos de cultura, como a do café, por exemplo, existem diversos fatores que influenciam na qualidade e sabor do cacau.


Um dos fatores que mais influencia o sabor do cacau é o solo no qual é plantado. Por este motivo, é possível termos uma mesma qualidade de cacau plantada em dois solos diferentes com sabores absolutamente diversos. Este tipo de fenômeno também acontece com as uvas, onde na vinicultura é chamado de terroir. É possível afirmar que o cacau também é influenciado pelo terroir.


E justamente por causa desta variedade de fatores que cada cacau traz uma experiência absolutamente nova para o mesmo chocolate, a depender da procedência de cada amêndoa.


Por ser o chocolate “Bean to Bar” basicamente feitas por cacau e açúcar. Isso garante a pureza do chocolate e é o grande diferencial do “Bean to Bar” em relação ao chocolate industrializado, especialmente o brasileiro.
Para se ter uma ideia, uma resolução da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinar que os grandes fabricantes de chocolate tenham a quantidade mínima de 25% de cacau, sendo que o restante que vai na barra – e que acabamos comendo – são gorduras hidrogenadas, adoçantes e demais aditivos.


Está é a principal diferença que você, cliente da CHOCOLATA, vai encontrar comprando os chocolates “Bean to Bar” que são vendidos em nossas lojas. São chocolates feitos especialmente para que você tenha a melhor experiência com o chocolate, de uma maneira saudável e principalmente, deliciosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat